Connect with us

Porto Velho, Rondônia,

#Porto Velho

MPF do Acre cobra explicações sobre conclusão da obra da ponte sobre o Rio Madeira em Rondônia

Published

on

Uma representação para que sejam investigadas as causas na demora da finalização e entrega das obras da ponte sobre o rio Madeira, no distrito de Abunã, em Rondônia, foi encaminhada ao Ministério Público Federal (MPF) daquele estado pela Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão no Acre.

Segundo o procurador responsável pela representação, Lucas Costa Almeida Dias, pessoas que se deslocam por via terrestre para o Acre, em especial a população acreana, são penalizadas pela dificuldade no desenvolvimento econômico do Acre e de outras regiões afetadas, e a não existência da ponte aumenta as despesas com transporte e dificulta o acesso turístico e comercial da região, já que aumenta o custo e o tempo decorrido para o transporte de pessoas e produtos na região.

Apesar do término das obras previsto para 2017, e das diversas promessas feitas pelo Governo Federal com datas para a finalização, ainda não se tem certeza sobre o término efetivo da obra, nem quanto de verba pública ainda será gasto para isso, sendo que até o momento, os valores aplicados na obra já extrapolaram em muito o orçamento previsto.

A representação deverá ser recebida por membro do MPF que atua na área de Direitos Sociais e Atos Administrativos em Geral em Rondônia, que avaliará as medidas que entender cabíveis para o caso.

Com informações da assessoria do MPF no Acre.

Comentários

comentários

#Porto Velho

Porto Velho: Prefeito visita obras no bairro Flamboyant, Lagoa e Ginásio Vinícius Dannin

Published

on

Grandes obras estão sendo realizadas pela prefeitura de Porto Velho, em diversas regiões do município. O prefeito Hildon Chaves, tem acompanhado pessoalmente os trabalhos em andamento no bairro Flamboyant, onde estão sendo asfaltados 10 quilômetros de ruas, no bairro Lagoa, que recebe principalmente obras de drenagem profunda e no Ginásio Vinicius Dannin, na avenida Amazonas, que está sendo reconstruído.

O Prefeito conversou com moradores e recebeu reconhecimento pelo trabalho. No bairro Flamboyant, as ruas estão sendo beneficiadas com estrutura completa, incluindo drenagem, pavimentação, calçada, meio-fio e sarjeta. A obra está praticamente pronta, restando apenas 5% do projeto.

“Falta apenas a rua Itatiaia, uma via importantíssima. Dentro de pouco tempo estaremos com essa obra totalmente entregue. Onde há um ano era apenas buraco e poeira, hoje temos ruas de qualidade. Esse trabalho demonstra que Porto Velho tem jeito”, comemorou o prefeito.

Moradora da rua Itamaraty há quase 35 anos, a costureira Maria Nazaré Pereira da Costa, não escondeu a alegria. “Quando eu vi as máquinas da prefeitura chegando fiquei feliz demais. O prefeito fez a parte dele. Com o asfalto melhorou muito. Eu já tinha feito a minha calçada e a prefeitura completou, agora ficou concluído”, disse.

Maria Nazaré da rua Itamaraty, comemorou a chegada do asfalto. Para a dona de casa Ivaneide Costa, a pavimentação serviu de incentivo para uma reforma na casa da família. “A lama acabou e a poeira também. Além de valorizar mais o imóvel, melhorou bastante”, celebrou a moradora.

Maria Nazaré, da rua Itamaraty, comemorou a chegada do asfalto
Maria Nazaré, da rua Itamaraty, comemorou a chegada do asfalto

GINÁSIO VINÍCIUS DANNIN

No Ginásio Vinícius Dannin, que faz parte do complexo do Colégio Padrão, o investimento é superior a R$ 1 milhão, recurso financeiro enviado pelo Ministério da Cidadania, por meio de emenda parlamentar da deputada federal Mariana Carvalho e contrapartida do município. As instalações estão sendo refeitas, uma vez que foram duramente afetadas durante um incêndio. A expectativa é que tudo fique pronto até agosto deste ano.

Segundo o prefeito Hildon Chaves, após a conclusão das obras, o ginásio será um espaço completo e moderno, que servirá para a diversidade de práticas esportivas, como o programa Talentos do Futuro. “A parte mais complicada, que é o telhado, que já está sendo finalizada. As arquibancadas serão refeitas e haverá assentos individuais”, explicou.

OBRAS NO BAIRRO LAGOA

Hildon Chaves também visitou o bairro Lagoa, onde estão sendo investidos cerca de R$ 20 milhões em obras que incluem 10 quilômetros de asfalto com serviços de drenagem, meio-fio e sarjeta. Os recursos são do governo federal provenientes de emenda de bancada de 2017 e contrapartida da Prefeitura de Porto Velho.

Os serviços iniciaram há cinco meses e após concluídos vão solucionar os problemas de alagamentos nas ruas do bairro.

Texto: Renata Beccária
Fotos: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Comentários

comentários

Continue Reading

#Porto Velho

Porto Velho: FIERO e parceiros doam EPIs para a SEMUSA

Published

on

Uma ação capitaneada pela Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (FIERO) envolvendo empresários, empresas e entidades de diversos setores, como a Energisa Rondônia, Einstein Instituição de Ensino Ltda, Sindicato dos estabelecimentos de ensino particular do estado de Rondônia (SINEPE) e Grupo Rovema, resultou na aquisição e posterior doação de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para atender a rede de saúde de Porto Velho no enfrentamento à covid-19. A necessidade emergencial se deu pelo fato do aumento considerável do número de atendimentos de casos suspeitos e confirmados na capital.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SEMUSA), os casos estão numa crescente assustadora, e os pacientes têm permanecido vários dias nas unidades de urgência e emergência aguardando leitos para internação na rede estadual e precisando de suporte clínico, o que justifica o consumo desenfreado dos materiais para prosseguir com os atendimentos aos pacientes.

Diante desta situação, foram adquiridos pelo grupo de empresários e entidades, máscaras não reinalantes – com reservatório, máscaras cirúrgicas, e luvas de procedimento látex de tamanhos P, M e G, atingindo um quantitativo aproximado de 52 mil pares. Entre os dois tipos de máscaras, são quase 2 mil unidades.

As doações foram realizadas nesta quarta-feira, 3, na sede da FIERO e foram recebidas pela secretária da SEMUSA, Eliana Pasini. De acordo com a secretária, esse material supre as necessidades durante duas semanas. Estes EPIs serão destinados para as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs Sul e Leste) e os postos de saúde, Ana Adelaide, José Adelino e para o SAMU.

O presidente da FIERO Marcelo Thomé, afirmou que assim que recebeu a solicitação de ajuda da secretária, mobilizou os empresários do setor produtivo para se engajar neste ato de solidariedade. “Buscamos ajudar para recuperar a capacidade do município no sentido de ter todos os itens para o pleno atendimento aos enfermos”, disse. Com relação aos demais itens solicitados pela SEMUSA, Marcelo Thomé ressaltou que o grupo atenderá dentro da sua capacidade financeira, que é limitada, e de mercado, pois muitos equipamentos estão em falta para aquisição imediata.

Ao final, a secretária fez um apelo à população para que não promovam aglomerações desnecessárias. “Se você precisa sair para trabalhar, se proteja, use máscara, higienize as mãos com frequência, mas à noite, chegue em casa e não saia mais. Nossas unidades estão lotadas e nossos médicos e enfermeiros exaustos, desabafou Eliana Pasini”.

Participaram da solenidade de entrega, o vice-prefeito de Porto Velho, Maurício Carvalho, o presidente da Energisa André Theobald, o diretor do Sindicato dos estabelecimentos de ensino particular do estado de Rondônia – SINEPE, Augusto Pellúcio e o diretor do Grupo Rovema, Gilvan Guidin.

Comentários

comentários

Continue Reading

#Porto Velho

HILDON: SE DNIT NÃO FIZER, PREFEITURA ILUMINARÁ A PONTE QUE SERÁ INAUGURADA AGORA EM MARÇO

Published

on

Aliás, faltou mais um detalhe dos mais importantes no projeto da ponte sobre o Madeirão, na Ponta do Abunã. Como na ponte construída no bairro da Balsa, ligando a BR 319 do lado de cá do rio ao lado de lá, em direção ao Amazonas, não há previsão para a iluminação de uma das mais importantes obras públicas já realizadas na nossa região. Localizada numa área onde não existe extensão de energia, há uma grande dificuldade de se conseguir colocar uma fiação que possa abastecer postes de iluminação sobre a ponte, que está na fase final, com a concretagem do último acesso sendo pronta em 15 dias para, em seguida, começar a fase final de asfaltamento. A ponte será aberta ao tráfego, então, como ocorreu com aquela que atravessa o Rio Madeira, perto do centro de Porto Velho, mas sem luzes. A ponte da Balsa ficou mais de seis anos às escuras, até que a Prefeitura da Capital, via convênio com o Dnit, realizou todo o trabalho. Demorou, mas o serviço feito foi de qualidade elogiável. Agora, o prefeito Hildon Chaves avisa: se o Dnit não implantar a iluminação da nova ponte do Abunã, a Prefeitura da Capital vai fazê-lo. Basta para isso ter condições técnicas. Se isso for confirmado, certamente a nova ponte não ficará meia dúzia de anos na escuridão. Ao menos é o que se espera.

Comentários

comentários

Continue Reading

CADASTRE-SE

Newsletter

* indicates required

Trending