Durante os últimos dois anos Vinícius Miguel não utilizou nenhum real da verba do fundo partidário para contratar publicidade e fazer promoção pessoal.

Em seu primeiro pleito nas eleições em 2018, quando concorreu ao governo do Estado, Vinícius Miguel surpreendeu Rondônia com suas propostas, discurso seguro, competência e qualificações, tanto que o jovem candidato contabilizou mais 110 mil votos, cerca de 70 mil só na Capital, sendo o quarto candidato mais votado no primeiro turno.

Após as eleições, retornou às atividades e continuou sua rotina de advogado, servidor público e cidadão. “Eu não ‘desapareci’ após as eleições de 2018. Mas sou um cidadão como qualquer outro, preciso trabalhar e cumprir minhas obrigações”, explicou.

No âmbito público, Vinícius Miguel também seguiu atuante, buscando o benefício coletivo e atuando em dezenas de pedidos de informações, denúncias e representações aos Ministérios Públicos Estadual (MPE), de Contas (MPC), Federal (MPF), do Trabalho (MPT) e Tribunais de Conta do Estado de Rondônia (TCE-RO) e da União (TCU). “Mesmo exercendo o triplo papel de advogado, professor universitário e cidadão, não me escondi ou deixei de fazer o que era necessário em prol do benefício coletivo da nossa população”, afirma Vinícius.

Entre as iniciativas tomadas, está a denúncia junto ao TCU sobre a falta de acesso público ao banco de dados do Ministério da Saúde, o que é garantido por lei a toda sociedade.

Diferente do que é costume na velha política e antiga prática de muitos, durante os últimos dois anos Vinícius Miguel não utilizou nenhum real da verba do fundo partidário para contratar publicidade e fazer promoção pessoal. “É tudo uma questão de conduta, princípio e referencial”, assinalou.

ELEIÇÕES 2020

Este ano, Vinícius Miguel é pré-candidato a prefeito de Porto Velho pelo Cidadania 23 com a coligação “Porto Velho em boas mãos”, que contará, nas eleições majoritárias, com o apoio da Rede Sustentabilidade. Como pré-candidata a vice-prefeita, a coligação conta com a tenente Heline Braga, que representa a força da mulher brasileira no pleito.

Fonte: Assessoria

Comentários

comentários