A coligação que apoiaria Glaucione, liderada pelo MDB, lançou o coronel Marco Aurélio Vasques, com a apresentadora Lya da TV como vice

Mudanças na disputa em Cacoal, depois da prisão da prefeita Glaucione Rodrigues e da renúncia dela, nessa semana, de manter-se na disputa, mesmo na cadeia. A coligação que apoiaria Glaucione, liderada pelo MDB, lançou o coronel Marco Aurélio Vasques, com a apresentadora Lya da TV como vice. Todo esse quadro, modificado com o escândalo que afastou a Prefeita, que, nas pesquisas internas, incluindo de partidos adversários, estava liderando o processo, mudou tudo e deu ao principal opositor, o jovem deputado Adelino Fúria, grande chances de ser o próximo comandante da administração de uma das cidades rondonienses que mais se desenvolvem. A chegada do coronel Vasques no processo, até pelo pouco tempo que ele terá para sua campanha, poderá mudar o quadro? Fúria está intensificando sua campanha e com grandes possibilidades, ao menos na teoria, de se eleger. Os outros dois candidatos – o vereador Jabá e o professor Alex – também estão na luta, mas, com menos chances, embora em eleição, nada seja definitivo.

Comentários

comentários