Um dia depois de dizer que nem na prostituição se sentiu tão mal como na igreja, a apresentadora Andressa Urach voltou a desabafar nas redes sociais. Diante da repercussão de suas declarações, ela publicou que está “pegando um nojo de crente”.

“Não quero falar com ninguém. Vocês podem, por favor respeitar isso? Não pedi a opinião de ninguém para quererem dar palpite na minha vida. Está preocupado comigo? Ora! E para de ligar e mandar mensagem. Eu conheço a Bíblia e sei quem é Jesus”, escreveu Urach nos stories do Instagram.

A apresentadora ainda afirmou que está “que nem Jesus com raiva dos fariseus”. “Tô pegando um nojo de crente! Nem Jesus julgou o próprio Judas que fez o que fez. Te analisa a você mesmo e para de julgar as pessoas. As pessoas são livres, vão vocês se libertarem que o que mais tem é crente possesso. Sai da rede social e vai pra igreja ler a Bíblia. Vai conhecer Jesus que não é esse fardo pesado que os hipócritas colocam”, disparou.

 

Na sexta-feira (30/10), Urach resolveu contar em suas redes sociais um pouco sobre o período em que estava na igreja e como foi desgastante, apesar de afirmar saber que Jesus não tinha nada a ver com isso e que “a obra de Deus é feita por pessoas falhas”. Ela ainda afirmou que não costuma esconder esse tipo de situação.

A apresentadora dedicou os últimos seis anos da vida à igreja e conta que foi excluída de grupos, o que a fez se sentir como se tivesse “demônios” por deixar de fazer parte da instituição: “Acabei me sentindo como um objeto descartável, nunca me senti assim nem no tempo da prostituição”.

Atualmente, Andressa tem contrato com a Record do Rio Grande do Sul até março de 2021.

Fonte: UAI

Comentários

comentários