Rico, com um patrimônio milionário candidato a prefeito em Machadinho D’Oeste faz declaração que não condiz com as apresentadas a Receita Federal na Declaração de Imposto e Rendas. Portadora do título de eleitor nº 002753672372, Paulo da Remap como é conhecido se responsabilizou nos termos da Resolução/TSE nº 23.609/2019, ao apresentar sua declaração de bens. Ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RO), o empresário Paulo Henrique dos Santos R$3.190.000,00 (Três Milhões Cento e Noventa Mil Reais). Consta no Sistema do TRE os seguintes bens uma casa em alvenaria no valor de R$700 mil reais, imóveis rurais no valor de R$ 1,440.000,00, 3 lotes rurais no valor de 350 mil cada.

Mas diferente dos bens declarado à Justiça Eleitoral, estão os bens declarado à Receita Federal, que são valores bem contraditórios, o que poderá confundir o eleitor, ultrapassando os 15 milhões de reais, quase 12 milhões a mais, isso poderá tirar a confiança da população, em “creditar o voto em um candidato que prega um número ao TRE e declara outra à Receita Federal”, órgão responsável pelo fisco em nosso país, preservando a transparência perante a população.

Moradores de Machadinho já temem esse tipo de candidato, que apresenta uma prestação de conta à receita e outra à Justiça Eleitoral. “Quero depositar meu voto de confiança em um candidato que fale a verdade, que coloque a cara a tapa e que não esconda da população o que tem, ou mesmo que não tenha”, declarou uma eleitora que pediu sigilo da sua declaração.

Comentários

comentários