De acordo com o TCU, o patrimônio do candidato do PSC é de mais de R$ 1 milhão

O nome do candidato a prefeito de Cujubim pelo PSC, Ademir Borges Sobral, aparece no relatório do Tribunal de Contas da União, de candidatos com patrimônio superior a R$ 300 mil que receberam dinheiro do auxílio emergencial pago pelo governo federal. A lista divulgada pelo TCU é grande.

Na relação divulgada pelo TCU consta que Sobral recebeu R$ 600,00 de auxílio emergencial, dinheiro destinado a pessoas de baixa renda que ficaram sem poder trabalhar durante a quarentena decretada devido à pandemia do coronavírus.

Ainda de acordo com a relação do TCU, Ademir Borges Sobral tem patrimônio de R$ 1.075.479,15. Não foram todos os necessitados que puderam ser atendidos pelo governo federal com o auxílio emergencial. O milionário candidato Sobral supostamente tirou o lugar de alguém que realmente precisava dos R$ 600,00.

Comentários

comentários