Para o candidato, o setor cultural é um segmento importante para a sociedade e deve receber o mesmo olhar que as demais áreas

O candidato a prefeito de Porto Velho pela coligação Cidadania23, Rede Sustentabilidade e PDT “Porto Velho em Boas Mãos!”, Vinícius Miguel, traz, em seu Plano de Governo, propostas para valorizar e fomentar a cultura em Porto Velho, um dos setores mais afetados pela crise econômica causada pela pandemia do coronavírus.

“Boa parte das produções e eventos culturais está suspensa e dificilmente deve retornar a curtíssimo prazo. Algumas coisas estão sendo reabertas, reorganizada, porém, agora, a gente tropeça em novos surtos do coronavirus não só no Brasil, mas no mundo todo. O que nos enche, inclusive, de medo e acende a luz de alerta e cuidado”.

Diante do cenário pandêmico e das restrições sanitárias, Vinícius Miguel disse que é preciso entender esse extremo desafio que mobiliza forças e energias para o enfrentamento da Covid-19 e pensar, com urgência, na saúde, sustentabilidade e segurança financeira dos atores da cultura. “É evidente que é necessário pensar numa alternativa de renda que tire os artistas dessa situação agravada pela pandemia”.

Para o candidato, o setor cultural é um segmento importante para a sociedade e deve receber o mesmo olhar que as demais áreas. Ele afirma que pretende promover um processo de democratização, por meio de editais, que assegure uma disputa pública de forma ética, transparente e sem direcionamento. “Uma forma de acessibilidade onde toda e qualquer pessoa possa se sentir incluída, bastando, para isso, participar de um processo seletivo”.

PLANO DE GOVERNO

Em seu plano de governo, Vinícius Miguel afirma que buscará potencializar o setor cultural, em todos os segmentos, sempre pautado pela política de igualdade, promoção da dignidade e combate à intolerância.
Veja algumas propostas no Plano de Governo para a cultura

FONTE: INTERNET

Comentários

comentários