Imagem da candidata infectada em plena campanha não seguia as normas do Ministério da Saúde

Infectada com Covid se pensar pela saúde de seus eleitores nem vai votar, não é proibida segundo TSE.
Fixa um alerta a quem teve contato com a candidata que procure fazer o exame para ver se está testa positivo para doença, inclusive fontes seguras afirmam quer houve uma reunião agora na reta final da campanha no qual a candidata infectada Cristiane Lopes que recebeu apoio de um grupo político a pedido de uma ex-Senador cassado e se unindo ao referido partido teve quem disse: “Vamos trabalhar porque juntos podemos tudo”.

LEIA MAIS:  SE exige que eleitor use máscara para votar, até doentes infectados pode ir votar

Instituto informou que recorrerá da decisão, para divulgar os números que Cristiane tenta esconder do eleitor

A candidata a prefeita de Porto Velho Cristiane Lopes (PP), apesar de ser jornalista, entrou pela segunda vez com ação na Justiça contra o Ibope, para impedir a divulgação de informações dirigida aos eleitores.

Na página do G1, ontem à noite, logo após a exibição do Jornal de Rondônia, constava que em um eventual segundo turno ela perderia tanto para Vinicius Miguel (Cidadania) quanto para Hildon Chaves (PSDB), mas nessa quinta-feira (12) a informação teve que ser retirada do site para cumprir liminar da Justiça Eleitoral.

Na primeira edição do Jornal de Rondônia desta quinta-feira, a apresentadora Wionara Werri mostrou novamente os números do Ibope, mas explicou que devido à decisão judicial obtida pela coligação de Cristiane Lopes não divulgaria os números de um eventual confronto no segundo turno. Wionara Werri informou, ainda, que o Ibope recorrerá da decisão.

Cristiane Lopes aparentemente gostou de parte da pesquisa, onde ela aparece tecnicamente empatada com o segundo colocado, Vinicius Miguel. Ela está com 12 pontos, enquanto Vinicius tem 13 e Hildon Chaves 32. Em se tratando somente dos votos válidos, Cristiane está com 14%, Vinicius com 15% e Hildon com 38%. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos. Essa parte da pesquisa ela não questionou.

A ação movida por Cristiane Lopes foi contra os números de um confronto entra ela e Hildon Chaves, e entre ela e Vinicius Miguel em um eventual segundo turno. O Ibope mostrou que Cristiane Lopes perderia tanto para Hildon quanto para Vinicius.

Em vez de censurar a divulgação dos números, Cristiane Lopes poderia pedir para sua assessoria dizer que em um eventual segundo turno ela estaria tecnicamente empatada com Vinicius Miguel. Já em relação a Hildon Chaves ela não poderia alegar empate técnico, porque a diferença mostrada nos números não permite essa afirmação.

Comentários

comentários