Connect with us

Troca Letras

Hildon Chaves reafirma compromisso com a saúde e viabiliza a um dos maiores projetos de reforma já planejados em Porto Velho

Published

on

Ao total, 25 unidades de saúde e quatro aldeias indígenas do município serão contempladas

Com intuito de proporcionar um sistema de saúde com a estrutura necessária para atender os moradores de Porto Velho, o prefeito Hildon Chaves (PSDB), que concorre à reeleição com o número 45, está realizando um dos maiores projetos de reformas de Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) já feitos na capital.
Ao total, 25 unidades de saúde e quatro aldeias indígenas do município serão contempladas, das quais 17 estão em fase de projeto, orçamento e aprovação, seis estão em fase de licitação e as outras seis estão com as ordens de serviço assinadas. De acordo com o prefeito de Porto Velho, o valor total do investimento é de R$ 25.841.535,80.
“Desde quando assumi iniciamos muitas melhorias no que se refere à saúde e seus espaços de atendimento. A obra com maior investimento, é na Maternidade Municipal Mãe Esperança, com R$ 7.058.314,25 empenhados pela prefeitura para reforma completa dos setores interno e externo. O projeto está em fase de elaboração de orçamento e complementares, e o departamento responsável segue acompanhando e trabalhando para sua conclusão”, explicou.
Através de uma equipe com 12 engenheiros, arquitetos, técnicos da prefeitura e com o suporte de outros colaboradores foi possível elaborar o planejamento de obras, melhorias e modificações das unidades de saúde Nova Califórnia, Ronaldo Aragão, Aponiã, Hernandes Índio, Abunã e Socialista, Morrinhos, Palmares, Pedacinho de Chão, Vista Alegre do Abunã, Três Marias, Fábio Júnior, Manoel A. de Matos, Benjamin Silva, São Sebastião, Hamilton Gondim, Socialista I e II, as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) Leste e Sul, Centro de Especialidades Médicas (CEM), Policlínicas Dra. Ana Adelaide e Rafael Vaz e Silva, Lacen e Centro Especializado em Reabilitação.
Segundo Hildon Chaves, as aldeias indígenas contempladas são Rio Candeias, Kassupa, Karitiana Central e Karipunã e a elaboração dos projetos destas foi de responsabilidade da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai/Ministério da Saúde) e o andamento das reformas está na fase de processo licitatório na Superintendência Municipal de Licitação (SML). “Estamos trabalhando com várias linhas de trabalho que vão desde a iluminação, asfalto, educação e principalmente na área de saúde”, finalizou.

Comentários

comentários

#Política

Deputado defende que a imunização é o caminho correto

Published

on

Presidente Alex Redano destaca sessão histórica que aprova criação de fundo para a compra de vacinas
O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), classificou como histórica a sessão extraordinária na tarde deste domingo (07), que aprovou a matéria, criando o fundo para a captação de recursos para a compra de vacinas contra o coronavírus. Pela primeira vez na história, uma sessão foi realizada num domingo pelo Parlamento Estadual.

“É uma sessão histórica, na tarde deste domingo. Participei de reuniões com os poderes e instituições, para a criação desse fundo e assumi o compromisso de votar a matéria, tão logo ela fosse enviada para a Casa. Temos esperança sim de que os municípios e estados comprem suas vacinas e apliquem na população. Rondônia sai na frente, aprovando o projeto, os poderes e a iniciativa privada poderão doar para o fundo, que prevê que se o recurso não for utilizado, vai retornar para a sua origem. Esse é o caminho: imunizar a nossa população e agradeço à disposição de todos os parlamentares nessa importante votação”, destacou.

Redano em seguida anunciou que os deputados estão atentos à discussão de grupos prioritários para a vacinação, mas que esse tema deverá ser amplamente debatido na sessão ordinária da próxima terça-feira (09). “Os policiais militares, os policiais civis, os policiais penais, os coveiros, motoristas de ambulância, atendentes de farmácia, servidores da Agência Idaron e da Emater e os professores, são vistos como prioritários na vacinação e vamos discutir mecanismos que garantam essa prioridade”, acrescentou.

Comentários

comentários

Continue Reading

#Rondônia

Edição 348 – Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia

Published

on

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os dados referentes ao coronavírus (Covid-19) no Estado.

Nesta quarta-feira (3) foram consolidados os seguintes resultados para Covid-19 em Rondônia:

Casos confirmados – 152.563
Casos ativos – 15.159 (9,94%)
Pacientes recuperados – 134.460 (88,13%)
Óbitos – 2.944 (1,93%)
Pacientes internados na Rede Estadual de Saúde – 400
Pacientes internados na Rede Privada – 145
Pacientes internados na Rede Municipal de Saúde – 163
Pacientes internados na Rede Filantrópica – 10
Total de pacientes internados – 718
Testes Realizados – 419.547

Aguardando resultados do Lacen – 980

* População vacinada:
1ª Dose – 47.519
2ª Dose – 9.784

Profissionais de Saúde vacinados:
1ª Dose – 26.444
2ª Dose – 9.207

Indígenas vacinados:
1ª Dose – 4.918
2ª Dose – 389

Idosos vacinados:
1ª Dose – 16.017
2ª Dose – 183
* (Dados obtidos às 18h)

ÚLTIMAS ATUALIZAÇÕES

Hoje (3) foram registrados 28 óbitos por Covid-19 em Rondônia, sete deles foram em Ji-Paraná, sendo dois homens (71 e 92 anos) e cinco mulheres (67, 45, 95, 65 e 42 anos); cinco em Porto Velho, sendo dois homens (49, 52) e três mulheres (32, 59 e 74 anos); dois em Cacoal, sendo uma mulher de 61 anos e um homem de 40 anos de idade; dois em Machadinho do Oeste, sendo uma mulher de 83 anos e um homem de 69. Foram registrados ainda o óbito de um homem de 72 anos de idade de Chupinguaia; um homem de 86 anos de Pimenta Bueno; um homem de 61 anos de Ariquemes; uma mulher de 57 anos de Espigão do Oeste; um homem de 44 anos de Buritis; uma mulher de 63 anos de Alto Paraíso; um mulher de 76 anos de São Francisco do Guaporé; um homem de 61 anos de Vilhena; uma mulher de 44 anos de Vale do Paraíso; uma mulher de 55 anos de São Miguel do Guaporé; um homem de 75 anos de Jaru; um homem de 89 anos de Theobroma e um homem de 84 anos de idade do município de Guajará-Mirim.
A Agevisa reforça ainda que os dados são analisados diariamente pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), que acompanha também a investigação epidemiológica feita pelas equipes de Saúde nos municípios, para checagem de dados.

Comentários

comentários

Continue Reading

#Porto Velho

Porto Velho: FIERO e parceiros doam EPIs para a SEMUSA

Published

on

Uma ação capitaneada pela Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (FIERO) envolvendo empresários, empresas e entidades de diversos setores, como a Energisa Rondônia, Einstein Instituição de Ensino Ltda, Sindicato dos estabelecimentos de ensino particular do estado de Rondônia (SINEPE) e Grupo Rovema, resultou na aquisição e posterior doação de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para atender a rede de saúde de Porto Velho no enfrentamento à covid-19. A necessidade emergencial se deu pelo fato do aumento considerável do número de atendimentos de casos suspeitos e confirmados na capital.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SEMUSA), os casos estão numa crescente assustadora, e os pacientes têm permanecido vários dias nas unidades de urgência e emergência aguardando leitos para internação na rede estadual e precisando de suporte clínico, o que justifica o consumo desenfreado dos materiais para prosseguir com os atendimentos aos pacientes.

Diante desta situação, foram adquiridos pelo grupo de empresários e entidades, máscaras não reinalantes – com reservatório, máscaras cirúrgicas, e luvas de procedimento látex de tamanhos P, M e G, atingindo um quantitativo aproximado de 52 mil pares. Entre os dois tipos de máscaras, são quase 2 mil unidades.

As doações foram realizadas nesta quarta-feira, 3, na sede da FIERO e foram recebidas pela secretária da SEMUSA, Eliana Pasini. De acordo com a secretária, esse material supre as necessidades durante duas semanas. Estes EPIs serão destinados para as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs Sul e Leste) e os postos de saúde, Ana Adelaide, José Adelino e para o SAMU.

O presidente da FIERO Marcelo Thomé, afirmou que assim que recebeu a solicitação de ajuda da secretária, mobilizou os empresários do setor produtivo para se engajar neste ato de solidariedade. “Buscamos ajudar para recuperar a capacidade do município no sentido de ter todos os itens para o pleno atendimento aos enfermos”, disse. Com relação aos demais itens solicitados pela SEMUSA, Marcelo Thomé ressaltou que o grupo atenderá dentro da sua capacidade financeira, que é limitada, e de mercado, pois muitos equipamentos estão em falta para aquisição imediata.

Ao final, a secretária fez um apelo à população para que não promovam aglomerações desnecessárias. “Se você precisa sair para trabalhar, se proteja, use máscara, higienize as mãos com frequência, mas à noite, chegue em casa e não saia mais. Nossas unidades estão lotadas e nossos médicos e enfermeiros exaustos, desabafou Eliana Pasini”.

Participaram da solenidade de entrega, o vice-prefeito de Porto Velho, Maurício Carvalho, o presidente da Energisa André Theobald, o diretor do Sindicato dos estabelecimentos de ensino particular do estado de Rondônia – SINEPE, Augusto Pellúcio e o diretor do Grupo Rovema, Gilvan Guidin.

Comentários

comentários

Continue Reading
Advertisement

CADASTRE-SE

Newsletter

* indicates required

Trending