Nos últimos dias passou a circular, principalmente nas redes sociais, a informação de que o Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde, estaria preparando a data do próximo dia 21 de janeiro para o início da campanha de vacinação contra a Covid-19.

A informação ganhou tamanha proporção que obrigou o Ministério da Saúde a publicar uma nota de esclarecimento afirmando que se trata de notícia falta, ou seja, uma fake news. O MS explicou que a informação é completamente falsa, já que por enquanto não existe pedido de registro de nenhum laboratório junto à Anvisa.

Leia a nota:

Nota de esclarecimento

O Ministério da Saúde esclarece que não estabeleceu qualquer data para o início da vacinação contra a Covid-19 no Brasil. Isso porque não existe sequer pedido de registro realizado por nenhum laboratório junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Assim, as notícias veiculadas que citam o dia 21 de janeiro como uma possível data para o início da campanha de imunização não são verdadeiras. A desinformação não contribui e apenas confunde a população brasileira. Por isso, enfatiza-se a importância de os cidadãos, a imprensa e os formadores de opinião acompanharem atentamente os canais oficiais do Ministério da Saúde.

Memorandos de intenção de compras já foram devidamente firmados pela pasta com uma série de laboratórios, conforme divulgado. Para que possa ser estabelecido um cronograma, entretanto, é necessário ter uma ou mais vacinas aprovadas e registradas pela ANVISA, o que garantirá segurança aos brasileiros. Atingida essa etapa, as informações relativas aos processos de compra e distribuição serão divulgadas.

O Ministério da Saúde, seus dirigentes e corpo técnico agirão sempre de forma responsável para com a saúde dos brasileiros.

Comentários

comentários