Nove mil doses foram destinadas à capital e serão aplicadas pela Semusa de acordo com orientações do MS

Na tarde deste domingo (7), chegaram ao Aeroporto Internacional de Porto Velho, 36,6 mil doses da vacina CoronaVac, produzidas pelo Instituto Butantan, em São Paulo, sendo 9 mil destinadas para a capital e que serão aplicadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), conforme orientações do Ministério da Saúde (MS). Representando o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, o secretário-geral de governo do Município, Fabrício Jurado, e a secretária da Semusa, Eliana Pasini, aguardaram a chegada do quarto lote de vacinas e concederam entrevista à imprensa.

“Essa nova remessa será aplicada nos trabalhadores que atuam na linha de frente combatendo a pandemia. Aguardamos orientações do Ministério da Saúde em relação às novas doses que serão enviadas para atender os demais públicos”, explicou Pasini.

Fabrício Jurado destacou o esforço da gestão municipal em busca de manter a transparência das vacinações realizadas pelo município e citou o Vacinômetro, sistema desenvolvido pela Superintendência Municipal de Tecnologia da Informação e Pesquisa (SMTI), em que estão inseridas as informações de todos os cidadãos que já receberam a vacina.

“A Prefeitura de Porto Velho não tem medido esforços para manter uma gestão transparente. Criamos o Vacinômetro que agrupa todos os dados da vacinação e está disponível para a consulta da população”.

Comentários

comentários